AUDITÓRIOS

Efectuamos estudos acústicos com modelos computacionais, recorrendo software profissional para melhor prever a acústica interior de espaços.

As salas de concertos exigem geralmente um modelo computacional que permite prever vários parâmetros tais como:

Tempo de reverberação
Nível de pressão sonora
Clareza e definição C50, D80
Energia lateral (espacialidade)

As fórmulas de predição numéricas como Sabine podem conter vários erros ao prever a acústica dentro de um espaço.

Justifica-se nesse caso o recurso a modelos computacionais para espaços com complexidade acústica.